segunda-feira, 26 de setembro de 2011

CONTINUANDO A DISCUSSÃO - O uso da toxina botulínica por profissionais de Odontologia: ARTIGO DO SITE DO CFO


 O colega Marco Antonio B. Pontual postou um comentário no facebook, que direcionou para um artigo e este, por sua vez direcionou para o que segue abaixo:
 
Interessante... ISSO DÁ PANO PRA MANGA.... 


O uso da toxina botulínica por profissionais de Odontologia
 Muito tem se falado a respeito da legitimidade da aplicação da toxina botulínica por cirurgiões-dentistas. O conselheiro federal efetivo Rubens Côrte Real escreveu, em parceria com duas cirurgiãs-dentistas, um artigo sobre a questão. Veja aqui.

O Uso da Toxina Botulínica na Odontologia
Prof. Dr. Rubens Côrte Real de Carvalho
Profa. Dra. Angela Mayumi Shimaoka
Profa. Dra. Alessandra Pereira de Andrade
Apesar da toxina botulínica ser amplamente conhecida por sua utilização cosmética em injeções intramusculares para a redução de rugas faciais, a sua principal aplicação é voltada ao uso terapêutico. A utilização dessa toxina purificada em procedimentos cosméticos só foi aprovada pela ANVISA no Brasil em 2000 e nos EUA, pela FDA, em 2002.
 
A utilização terapêutica da toxina botulínica foi primeiramente estudada por Scott e colaboradores em 1973, em primatas. No final da década de 1970 a toxina foi introduzida como um agente terapêutico para o tratamento do estrabismo. Desde então suas aplicações terapêuticas têm se ampliado em diferentes campos.

Um comentário:

  1. O desenvolvimento científico e arsenal terapêutico disponível dão credenciais ao CD, desde que capacitado para uso da Toxina Botulínica, indiferente são os resultados estéticos obtidos, não é admissível a "reserva de mercado" terapêutico exigida pelos conselhos de medicina e insanamente "acatada" pelo CFO.

    Julio Guimarães - julio_dentista@hotmail.com

    ResponderExcluir